quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

Solidariedade

Reclamamos por tão pouco; queixamo- nos da sorte tantas vezes e não nos lembramos que existem pessoas nas ruas, com frio, semi-nuas e esfarrapadas; levando nas mãos, em sacos de plástico, os seus parcos haveres.

3 comentários:

Ana Luar disse...

Rendo-me ao riso da foto, mesmo consciente de uma realidade k doi.

Carlos Lopes disse...

Sera que existe freiras Assim??

Andreas disse...

pegou não????
vai sonhar agora...